domingo, 5 de junho de 2011

Desabafo 2

Eu deveria ter escrito isto há meses atrás, seria o momento de falar exatamente tudo que sinto, mas tudo bem, somente agora escrevo sobre tal situação cabulosa. Queria falar do desprezo que estava sentindo em primeiro lugar, algumas pessoas diria que é ódio, raiva, mas eu dou a nomenclatura de desprezo, sim, porque o inverso do amor é o desprezo.
Não que eu seja uma pessoa rancorosa, e esteja querendo maquiar o que realmente esteja sentindo, na realidade o que eu sinto mesmo é desprezo, esse sentimento "nobre" que sentimos quando alguém pisa na bola, nos decepcionam, nos machucam e depois fingem que nada aconteceu. Eu tenho direito de senti-lo, não sou uma má pessoa pra início de conversa, mas também não sou tão boba assim, eu tenho um senso crítico e sou muito observadora. Ontem por exemplo foi um dia “maravilhoso”, pra começar me irritei com uma fila enorme pra fazer as unhas, depois me irritei com o relógio (Tinha uma coisa muito importante pra fazer, e tinha que correr contra o tempo), logo em seguida me irritei com uma operadora de celular e descobrir o que realmente me incomodava, PRONTO! Naquele exato momento resumi tudo, estava com vontade de gritar, bater, rir, amar, não ir ao fim do mundo e ficar somente em um lugar, e com alguém que me faz bem.
Continuando...
Desperdiçar meu desprezo com alguém insignificante? Jamais, porque essa pessoa nem isso merece, meu desprezo é muito pra ele, seria dar importância de mais a quem não merece tal consideração. E sabe o que eu realmente valorizo em um homem, aliás, não só nos homens, mas em qualquer pessoa? É o caráter, a índole, coisas que pra mim são fundamentais para que você seja respeitado e tenha o devido valor, um homem sem essas características não é nada, homem que é homem, tem palavra, não fala as coisas da boca pra fora, não finge , tem coragem de admitir seus erros e dizer o que lhe vem à cabeça, não corre dos problemas e não inventa desculpas para sua covardia sem tamanho. Se for pra ser assim nem se aproxime de mim, porque tenho alergia a pessoas falsas, com caráter forjado e uma índole criada para enganar os outros. Sabe de uma coisa? A cara de pau dessas pessoas é tanta, que deveriam usar óleo de peroba ao invés te hidratante pra pele. De uma coisa eu tenho certeza, a vida se encarregara de ensiná-las o que realmente é importante, e quando elas se derem conta das burradas que fizeram, talvez seja tarde de mais e nem dê tempo de corrigir todos os estragos, até lá muitas pessoas serão machucadas e talvez até mortas por dentro, e o que eu espero realmente é que dê tempo de voltarem atrás, mas isso não significa que terão uma segunda chance...


Binha Borges

4 comentários:

Rosana Karlla disse...

Oie minha flor td? Interessante esse texto (desabafo), Mas espero q vc não alague seu coração com sentimentos q não te faz bem, NINGUÉM, ninguém mesmo merece que vc perca sua paz.Saiba que que vc é amada de maneira ÚNICA E ESPECIAL, e Deus tem O MELHOR pra vc.Um grande bjo! Fica com Deus!
:)

Binha Borges disse...

Obrigada minha Linda!
muito Obrigada de verdade!
as vezes temos que colocar pra fora algumas coisas, se ñ engasga....
e são pessoas como vc que fazem com que eu queira sempre ser melhor!
bjão

Jaki disse...

Entendo vc perfeitamente, sei como é dificil quando nos decepcionamos com alguem!
Parabéns pelo blog!

Binha Borges disse...

Obrigada!
Volte sempre

Postar um comentário