terça-feira, 12 de abril de 2011

Encontrando Libertação



"Por amor de Sião não me calarei,e por amor de Jerusalém,me não aquietarei,até que saia a sua justiça como um resplendor,e sua salvação,como uma tocha acesa." (Isaías 62:1).



Isaías intercedeu pelo livramento e pela restauração de sua nação com fervor e intensidade.No entanto,também orou com a esperança de um homem que tinha uma visão para o futuro de seu povo.
Devemos orar com essa mesma combinação de intensidade e visão.Ao reconhecer que a única esperança de livramento e restauração se encontra em Deus,somos levados a orar com paixão.Temos esperança ,porque sabemos que nada é impossível para Deus.Em suas mão,a situação será resolvida,a pergunta respondida,a ferida curada,a opressão dissipada.
A oração de Isaías nos faz lembrar de várias coisas.A primeira é o fervor que devemos ter na oração,não só por nossa vida,mas pela vida de familiares e dos cidadãos que constituem nossa comunidade e nação.A segunda lembrança que nos traz refere-se ao único alvo de nossa esperança.Deus,mesmo que nos iludamos pensamos durante algum tempo que podemos cuidar sozinhos das coisas.Finalmente,a oração de Isaías nos lembra de que por mais desesperadora que pareça a situação,Deus é nossa luz.Só temos de abrir os olhos e vê-lo.
Todo livramento e toda restauração vêm do senhor;O processo é ininterrupto.Foi Deus quem"nos livrou de tão grande morte e livrará;em quem esperamos que também nos livrará ainda" (2cor 1:10).Deus faz um trabalho completo e o acompanhará até o fim.Então não desista porque está demorando mais do que você esperava.Confie em quem " aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará ate´o dia de Jesus Cristo" (Fp 1:6).
Por mais difícil que sua situação pareça,não desista,porque Deus não descansará até que sua justiça resplandeça como a alvorada e sua salvação seja como as chamas de uma tocha.

Por: Stormie Omartian

0 comentários:

Postar um comentário