domingo, 24 de abril de 2011

justo amor, meu Deus?

Podia ser só amizade, paixão, carinho, admiração, respeito, ternura, tesão. Com tantos sentimentos arrumados cuidadosamente na prateleira de cima, tinha de ser justo amor, meu Deus?


Caio Fernando Abreu

2 comentários:

Uilma Simões disse...

Justo amor, meu Deus?! =/

Binha Borges disse...

Se podessemos escolher....

Postar um comentário