terça-feira, 31 de maio de 2011

Desabafo 1

Hoje acordei com uma vontade imensa de desabafar e jogar pra fora tudo que está dentro de mim. Sabe aqueles dias em que você não espera nada? Que você não quer nada? Então... você percebe que o que você realmente quer é tão simples,pois bem, hoje é um desses dias. Hoje foi um dia de reflexões para mim, e diante de tantas constatações, cheguei à conclusão que eu não quero alguém que morra de amores por mim, que me prometa céu e mar, só quero alguém que queira estar comigo, e eu não exijo que esse alguém seja perfeito, quero apenas que me ame independente da intensidade.

Não estou nesse mundo esperando que as pessoas gostem de mim, nem que eu faça a tamanha falta que elas me fazem, mas uma coisa eu espero... Saber que em algum instante eu fui insubstituível, e que esse instante será lembrado. Sabe o que eu quero também? Que meus sentimentos tenham o devido valor. Quero sorrir mesmo que a situação não seja boa, e que ao sorrir, transmita paz e harmonia para os que me cercam. Quero dormir  e sonhar com alguém, e ter a certeza que esse alguém também sonha comigo, e que faço falta quando estou distante. Quero acreditar que apesar das minhas escolhas, alguém me valoriza como pessoa, que me enxerga e não brinca com meus sentimentos, que gosta de mim como eu sou, a ponto de não pedir para que eu mude, mas que peça que eu seja sempre “Eu”.

Não quero sair aos tapas com o mundo, mas se acaso isso acontecer, que sirva pra mostrá-lo que o amor existe sim, e que é mais forte que o ódio e o rancor juntos. Quero ter esperança nas coisas que ainda estão por vir e acreditar que se acaso eu fracassar...amanhã será outro dia e eu não desistirei, tentarei quantas vezes for necessário, que essa esperança jamais me pareça um “não” que nós na nossa teimosia insistimos em arrumá-lo e torná-lo em “Sim”. Que eu não me abale com a corrente do pessimista... Pois Deus é maior que tudo.


Binha Borges

4 comentários:

Uilma Simões disse...

Se eu disser que meus olhos enxeram de lágrima ao ler esse texto [você sabe porque], você jura que me avisa quando for postar coisas que eu também queira dizer? Porque aí eu já vou vim preparada emocionalmente e coraçãomente pra ler isso tudo, e não ficar com cara de bestona com lágrimas caindo.
Lindo texto. Lindo, lindo mesmo.
Caio leria e diria a mesma coisa. rs

Binha Borges disse...

ow Minha amiga...
se eu soubesse que iria escrever..rsrsr
tem dias que eu estou assim..."Bobona"
e vc que é emotiva de mais...
Linda!

Cachinhos Tostados disse...

Assino em baixo.
Assino e rubrico.
E ainda coloco as seguintes observações: Há vida daqui de cima é tão bela, porque muitas vezes insistimos em nos rastejar? Tudo bem que um pouco de escuridão seja confortavel para pensar, mas que medo é esse do sol?
Como é bom crescer... Como é bom nos aceitarmos, como é bom aceitar nossas criancisses e nossa imaturidade. Como é bom ler isso e ter a certeza que não estamos loucas, apesar de ja ter esperimentado a loucura algumas vezes. Como é bom amar a Deus!
=D

Binha Borges disse...

Feliz em saber que não sou a única que pensa assim...
Bjão linda!

Postar um comentário